10 DICAS PARA SE TORNAR UM PROFISSIONAL DE VALOR

O dia amanhece, você precisa se levantar, tomar um banho, se alimentar e ir à empresa para outro dia de trabalho. O que parece ser uma rotina tranquila para muitos é uma missão quase “impossível” de ser cumprida por outra, porque assim que acordam, abrem os olhos e logo vêm à mente aquele pensamento negativo: “Porcaria, eu vou ter ir para aquela empresa que não me valoriza! “Mas por que a organização não lhe dá o devido valor? Como reverter essa foto? Aqui estão algumas dicas que podem ajudar você a reverter essa situação!

1 – A primeira pessoa que tem que reconhecer seu valor, é chamada: Você. Isso mesmo, quando não nos valorizamos e acreditamos que somos um entre os milhares, passamos despercebidos e entramos no automático. Então, acredite em si mesmo e acredite que você tem valor para adicionar a si mesmo e aos outros ao seu redor.

2 – Faça uma autoavaliação de seus pontos fortes e daqueles que precisam de melhorias. Aqui, as habilidades técnicas e comportamentais estão incluídas. Depois de identificar as lacunas existentes, veja como você pode preenchê-las, para que seu desempenho se torne mais e mais positivo.

3 – Você parou para ver se sua baixa estima influenciava seu visual? Às vezes, quando nos envolvemos em pensamentos negativos, acreditamos que ninguém notará se temos nossos cabelos escovados, se nossas unhas estão limpas ou não. Eu não falo de beleza aqui, nem uso roupas de grife, pelo contrário. Certa vez, conversando com uma amiga, ela me confessou: “Quando eu vejo alguém e vejo que a pessoa se incomoda em fazer o melhor para ir à minha empresa, sinto que ela valoriza meu ambiente de trabalho e minha equipe”. Então, o que você acha de tomar uma posição em frente ao espelho e ver o que pode melhorar? Isso também trará benefícios para o seu eu interior, acredite em mim.

4 – Atualize sempre que possível. Não espere que a empresa ofereça todas as ferramentas necessárias para o seu desenvolvimento. Procure alternativas que enriquecem sua bagagem profissional. A Internet, por exemplo, oferece inúmeros recursos com informações valiosas sobre sua área de especialização e os negócios da empresa em que você opera.

5 – Se a organização oferece recursos para o seu desenvolvimento, ótimo. É o momento de aproveitar todas as oportunidades que vêm antes de você e não deixar para amanhã o que pode ser feito hoje. Muitos profissionais se recusam a participar de determinados treinamentos porque acreditam que já sabem o suficiente para realizar suas atividades. O mundo está mudando constantemente e as pessoas precisam acompanhar as tendências que surgem.

6 – Sua liderança é acessível e aberta à troca de idéias? Aproveite e interaja com seu líder. Isso não significa que você se tornará um “bajulador”, ao contrário, mostrará que você tem maturidade profissional e interesse em assuntos relacionados a negócios. Essa pode ser uma das maneiras de se destacar internamente.

7 – Antecipar problemas. Abra seus “olhos” e tenha uma visão do futuro. Não espere eventos negativos para encontrar soluções. Se você tiver uma percepção sobre algo que possa prejudicar sua equipe, produtividade ou clima organizacional, converse com seu gerente e sugira o problema que está por vir.

8 – Seja sociável. Esteja disposto a interagir com seus colegas de trabalho, independentemente da idade. Cada pessoa tem uma história de vida diferente e experiências variadas que podem ser uma rica fonte de aprendizado, tanto no campo profissional quanto no pessoal. Não fique preso a paradigmas.

9 – Outro fator que agrega valor ao profissional é quando ele dedica atenção à sua rede de relacionamentos. E vamos lembrar aqui que a rede não significa apenas fazer parte de uma rede social. Você precisa alimentar seus canais com informações, trocar ideias, estar sempre “vivo” e nunca ter apego.

10 – Saúde! Se você não cuidar desse “fator” e torná-lo uma prioridade em sua vida, dificilmente você se tornará um profissional de sucesso. Portanto, estabeleça um cronograma para a atividade física, cuide de sua dieta e faça check-up regularmente. Aqui cabe muito bem o ditado popular: “Prevenir é melhor que remediar!”.

 

Deixe uma resposta